sábado, 29 de outubro de 2011

Michael Jackson - pop music

 -INTERTEXTUALIDADE - REI DO POP x  MÚSICA IRLANDESA




INTERTEXTO entre as músicas. A música de fundo é Irlandesa (Valsa dos lírios brancos) tocada por Deanta e Michael Jackson adorava o país onde tinha um refúgio secreto, em que passava meses no anonimato, surgindo assim uma intertextualidade entre as canções.

"Toda produção tem um intertexto referente pois estamos sempre a produzir com base em outras referências que possuímos. Quando falamos em intertexto ou intertextualidade não devemos pensar unicamente no registro textual; na verdade este conceito pode ser ampliado ao registro sonoro (no campo das músicas, jingles e samples) e também no visual ( no caso dos desenhos animados).

A intertextualidade pode ser empregada e evidenciada em vários campos, como na música, cinema, televisão, literatura, publicidade, etc."(TEXTO RETIRADO DO http://www.animamundo.blogspot.com/ )


"Intertextualidade entre duas músicas?

Preciso de duas músicas que tenham entre elas uma Intertextualidade entre ambas as músicas. Pra quem não sabe o que é uma Intertextualidade é:

Grosso modo, pode-se definir a intertextualidade como sendo um "diálogo" entre textos. Esse diálogo pressupõe um universo cultural muito amplo e complexo, pois implica na identificação e no reconhecimento de remissões a obras ou a trechos mais ou menos conhecidos. Dependendo da situação, a intertextualidade tem funções diferentes que dependem dos textos/ contextos em que ela é inserida.

Evidentemente, o fenômeno da intertextualidade está ligado ao "conhecimento de mundo", que deve ser compartilhado, ou seja, comum ao produtor e ao receptor de textos.

O diálogo pode ocorrer em diversas áreas do conhecimento,não se restringindo única e exclusivamente a textos literários.

Na pintura tem-se, por exemplo, o quadro do pintor barroco italiano Caravaggio e a fotografia da americana Cindy Sherman, na qual quem posa é ela mesma. O quadro de Caravaggio foi pintado no final do século XVI, já o trabalho fotográfico de Cindy Sherman foi produzido quase quatrocentos anos mais tarde. Na foto, Sherman cria o mesmo ambiente e a mesma atmosfera sensual da pintura, reunindo um conjunto de elementos: a coroa de flores na cabeça, o contraste entre claro e escuro, a sensualidade do ombro nu etc. A foto de Sherman é uma recriação do quadro de Caravaggio e, portanto, é um tipo de intertextualidade na pintura.

Na publicidade, por exemplo, em um dos anúncios do Bom Bril, o ator se veste e se posiciona como se fosse a Mona Lisa de Leonardo da Vinci e cujo slogan era " Mon Bijou deixa sua roupa uma perfeita obra-prima". Esse enunciado sugere ao leitor que o produto anunciado deixa a roupa bem macia e mais perfumada, ou seja, uma verdadeira obra-prima (se referindo ao quadro de Da Vinci). Nesse caso pode-se dizer que a intertextualidade assume a função de não só persuadir o leitor como também de difundir a cultura, uma vez que se trata de uma relação com a arte (pintura, escultura, literatura etc)." TEXTO RETIRADO  DO YAHOO http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20080919181228AAH1D6n

Nogueira, Ilza. 2003. A estética intertextual na música contemporânea: considerações estilísticas. Brasiliana,


A intertextualidade sempre esteve presente na linguagem do cinema, desde os tempos do 
cinema mudo, em que as deixas simbólicas podiam ser apenas visualizadas. Naquele 
momento, cenas com textos para indicar diálogos, entre outros recursos, eram adotados, 
ampliando a linguagem da obra. Com a crescente diversidade de possibilidades 
proporcionadas pelas novas tecnologias digitais, a intertextualidade volta ao cinema, 
misturando as imagens tradicionais com animações e estruturas hipertextuais. Entende-se a 
intertextualidade como o diálogo entre textos elaborados com diferentes linguagens, 
diferentes semióticas, em um mesmo contexto, neste caso, no contexto cinematográfico. 
Este artigo apresenta diferentes formas se compor essa estrutura híbrida no cinema, tendo 
como objeto de análise as obras audiovisuais O homem com a câmera, de Dziga Vertov; 
Tempos modernos, de Charlie Chaplin; Space Jam: o jogo do século, de Joe Pytka; as duas 
edições de  Kill Bill, de Quentin Tarantino, e  Sin City, de Robert Rodriguez ao lado de 
Frank Miller (com colaboração de Quentin Tarantino). A análise nos mostra que embora a 
intertextualidade no cinema não seja atual, é um recurso potencializado pelas novas tecnologias digitais. Portanto, se a evolução tecnológica não alterou a narrativa 

cinematográfica, contribuiu para que as narrativas alternativas se tornassem possíveis com 
maior facilidade, oferecendo, aos diretores, maior tempo para criar.
TEXTO RETIRADO DA MONTAGEM AUDIOVISUAL COMO FERRAMENTA PARA A 
CONSTRUÇÃO DA INTERTEXTUALIDADE NO CINEMA
  1. Elizabeth Moraes Gonçalves
Denis Porto Renó

A casa de MJ na Irlanda

Um refúgio de paz e harmonia com a família e a natureza
.
A sua última morada.
Uma casa que Michael Jackson estava reformando para ser um refúgio na Irlanda está para ser lançada como uma mansão de férias. A Bishopstown House em Co Westmeath foi comprada para Jackson em 2006 pelo empresário Paddy Dunning que possui nas proximidades o Grouse Lodge Studios que são populares com artistas como REM, Manic Street Preachers e Snow Patrol. Jackson passou algum tempo na Irlanda em 2005, após seu julgamento e se apaixonou pela casa que estava em mau estado. A casa estava sendo reformada pouco antes da morte de Jackson no ano passado.
Conheça a casa por dentro com mais fotos - clique aqui.
Foi durante a gravação de demos de seu novo álbum em 2006 que ele decidiu procurar uma casa mais permanente na Irlanda, antes de descobrir a Bishopstown House que está em Rosemount. Em 2008, Dunning tomou parte em seu nome para pedir uma permissão de planeamento para o Westmeath County Council para reformar a casa. Havia também planos para uma piscina coberta. Na época, o fato de que o trabalho estava sendo feito por Jackson foi mantido em segredo. Todo o trabalho de restauração foi interrompido com a morte de Jackson, mas Dunning decidiu terminar o trabalho tendo obtido a permissão da família Jackson. A casa reformada tem seis quartos espaçosos, a maioria com camas de dossel, e nela podem dormir até 13 pessoas. A maioria dos quartos são em suítes com banheiros grandes, todos com vistas deslumbrantes. Bishopstown está sendo ofertada por €1.200 por três noites de estadia durante o fim de semana, e por €600 durante os dias de semana.
.TEXTO RETIRADO DO SITE http://michaeljacksonplanet.blogspot.com/2010/06/casa-de-mj-na-irlanda.ht
SUGESTÕES DE TRABALHOS( DESDOBRAMENTOS)
FAZER  UMA VISITA VIRTUAL A IRLANDA !!!!
PESQUISAR LOCALIZAÇÃO, PAISAGENS, ARTISTAS, CLIMA, MÚSICA 
PESQUISAR SOBRE A VIDA E MÚSICAS DE MICHAEL.




3 comentários:

Anônimo disse...

Muito legal as aulas de arte dessa escola. Parabéns aos alunos e à professora. Sugiro que as fotos e outras imagens tenham legenda, para que a gente possa saber quem e o autor. Tem gente aí nessa escola que pode, se quiser, virar uma artista plástico.

Parabéns!

Maria Luiza Latour Nogueira
Servidora do Ministério da Educação

janete martins bloise disse...

Olá Maria Luiza, que bom que você gostou e que estamos tendo retorno de nosso trabalho!
Nossos artistas continuam em 2012, um grande abraço,
Janete M.Bloise(professora de artes)

janete martins bloise disse...

Olá Maria Luiza, que bom que você gostou e que estamos tendo retorno de nosso trabalho!
Nossos artistas continuam em 2012, um grande abraço,
Janete M.Bloise(professora de artes)