quarta-feira, 6 de março de 2013

ARTE AFRICANA - ADINKRA

  A Arte Africana tem inúmeras faces :
 nesse primeiro semestre vamos explorar a Simbologia Adinkra  em
 PROJETO de VIDA (valores) e ARTES (estética):

Assim que terminarmos os trabalhos, postaremos todos para que apreciem o nosso novo
"olhar carioca" para esse SIMBOLOGIA ADINKRA

 Entre as manifestações culturais da nação Ashanti, destaca-se o estampado adinkra. Encontra-se também no povo Gyaman, da Costa do Marfim. Adinkra são símbolos que representam provérbios e aforismos. É uma linguagem de ideogramas impressos, em padrões repetidos, sobre um tecido de de algodão.

VÍDEO MOSTRANDO A IMPRESSÃO COM CARIMBOS DOS IDEOGRAMAS ADINKRAS

video

Considerado como um objeto de arte, o adinkra (adeus, em twi) constitui um código do conhecimento referente às crenças e à historia deste povo. A escrita de símbolos adinkra reflete um sistema de valores humanos universais: Família, integridade, tolerância, harmonia e determinação, entre outros. Existem centenas de símbolos e a maioria deles é de origem ancestral, sendo transmitidos de geração em geração. Muitos representam virtudes, sagas populares, provérbios ou eventos históricos. Os ganeses geralmente escolhem suas roupas para usar segundo o significado das cores e dos símbolos estampados nelas. A estampa e a cor expressam sentimentos de ocasiões específicas como festas de funerais, festivais tradicionais, ritos de iniciação como o da puberdade, casamentos, durbars etc. Alegria está relacionada a cores alegres e ao branco, enquanto que para funerais e luto predominam as cores como azul e vermelho escuros, marrom ou preto. Quando as pessoas vestem vermelho escuro ou marrom, isso significa que recém perderam um parente próximo. A cor preta ou azul escuro demonstra a dor prolongada pela perda de uma pessoa amada como os pais, filhos ou companheiro. Adinkra significa adeus.

Originalmente esses símbolos eram usados para enfeitar o vestuário destinado às cerimônias fúnebres. Os desenhos eram feitos recortando-se os simbolos em cacos de cabaça, para usá-los como carimbos sobre os tecidos. Posteriormente, os tecidos Adinkra passaram a ser usados por líderes espirituais em cerimônias e rituais. Evitava-se usá-los no dia a dia, também pelo fato de que a tinta desbotava ao lavar. No séc 17 foi introduzida no Imperio Ashanti (Akan) e diziam que um homem Ota Kraban foi a Gyman,reino vizinho e trouxe o primeiro tear. A partir de então designou-se como tarefa maculina a urdidura e a estamparia (hoje isso mudou,a estamparia também é feita por mulheres, mas o tear continua sendo masculino)

A tinta empregada para tingir era extraida da árvore kuntunkuni e a clara de ovo auxiliava no brilho. Esses símbolos além de serem usados em estamparias de roupas e tear eram entalhados nos banquinhos dos imperadores Ashantis. Ainda que hoje em dia diferentes símbolos sejam empregados em roupas podendo representar sentimentos particulares à escolha de quem usa, cabe ao imperador uma estampa exclusiva. Atualmente, os tecidos Adinkra são usados pelos ganenses em diversas ocasiões, tais como casamentos, batismos e rituais de iniciação. Além de serem usados sobre tecidos, também se aplicam nas paredes, na cerâmica e nos logotipos.

Vamos conhecer alguns símbolos Adinkras e seus significados:
Verdade
Sinceridade
Sabedoria
Paz
Olho do amor
Esperança EntendimentoDuas cabeças pensam melhor do que uma Dois bons AmigosConfiança em Deus EsperançaDeus zela por todos Dinamismo/Versatilidade União nas relaçõesDemocracia e UnidadeAmor Seguro Humanidade ForteAdaptabilidadeHarmonia
Compreensão
Paciência e Tolerância
Prudência
Coragem, bravura e heroísmo
No video abaixo podemos observar algumas pessoas de uma mesma família trabalhando com Adinkras

:

3 comentários:

Prof. Pedro Rebello disse...

Que ótimo, Janete. Muito boa essa postagem. Certamente conseguiremos desenvolver muita coisa sobre os símbolos Adinkra.
Muito interessantes as simbologias e especialmente a relação com os sentimentos e status social.
A ideia de se escolher roupas de acordo com a simbologia me faz pensar o quanto de nossas próprias escolhas são apenas questões estéticas ou carregadas de significações. ;)

janete martins bloise disse...

Adorei a ideia que você me sugeriu sobre o trabalho da África e o livro de simbologia Adinkra. Nosso "projeto de vida"agora é despertar muita sabedoria,sinceridade,verdade, harmonia e tantos outros valores humanos universais através dessa estética riquíssima de Gana.
http://www.blogger.com/profile/10077667453713713438

Letícia Costa e Silva disse...

voce poderia me passar o link do video dos carimbos ?